Os primeiros imigrantes alemães foram trazidos em 1828, por Charlote Louise, que fundaram a colônia de Rio Negro no Paraná. Posteriormente, outras famílias alemãs estabeleceram-se em Curitiba, Ponta Grossa e Lapa, bem como, em regiões de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

Porém, assim como os pais da Erika Zeilinger, a maioria dos imigrantes alemães chegaram ao Brasil somente após a Primeira Guerra Mundial. A Alemanha derrotada passou pela pior crise econômica de sua história, o que incentivou a emigração de agricultores alemães para o Brasil, em busca da concessão de terras e oportunidades.

A partir de 1833 os imigrantes passaram a chegar em Curitiba em maior número, influenciando fortemente a cultura e a economia local. Muitos casarões, alguns ainda existentes no bairro de São Francisco, foram construídos por alemães. Para preservar a cultura germânica, os imigrantes organizaram-se em sociedades teuto-brasileiras, como o Clube Concórdia, Clube Rio Branco, Duque de Caxias, Clube Thalia e o Graciosa Country Club.

Loja: Rua Professor Milton Carneiro, 37 Pilarzinho - Curitiba - PR (41) 3584-1136
Seg à Sexta, das 09h às 18h e sábados das 10h às 17h


Confeitaria: Rua Niccolo Paganini, 282, Jardim Schaffer - Bosque Alemão - Curitiba - PR (41) 3338-8385
Seg à Sexta, das 13h às 18h, Sábados e Domingos das 10h às 18h